Facebook

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Convites para Casamento em Piracicaba e Campinas!!!








ESCOLHA SEU ESTILO



A primeira providência é escolher o calígrafo para realizar o trabalho. É importante falar com o profissional com antecedência, pedir amostras de caligrafia (para você escolher o que é mais adequado para o convite), conversar sobre prazos e preços. Hoje em dia, os calígrafos além de personalizarem os envelopes, oferecem outros serviços: colocam os convites no plástico, fecham com lacres (simples ou personalizados), R.S.V.P e alguns até tem serviço de entrega.


Quando escolher quem vai fazer o trabalho para você, leve isto em conta também. Os preços variam. Pergunte tudo antes.


DICA DE ESPECIALISTA - Os envelopes dos convites com linguagem mais informal podem ter os nomes dos convidados subscritos com letra de forma, cursiva simples, ou até mesmo feita por você mesma, se tiver uma boa letra. Hoje já se existem muitos tipos de tinta e de canetas (além dos tinteiros já conhecidas, ou das penas próprias para isto.


NOME CERTO, CONVIDADO FELIZ - O próximo passo é ter a lista de casamento impressa e checada a grafia dos nomes correta para não passar por nenhuma saia justa (anotações feitas à mão podem dar margem ao erro de caligrafia e nomes) e mandar para o calígrafo subscritar os envelopes. O trabalho do calígrafo é personalizar os convites, da maneira que combine com o convite. Preste atenção que o tipo de letra escolhido para a caligrafia deve ter o mesmo tipo de linguagem que a arte escolhida para o convite: os mais formais podem ter letras góticas, cursivas, ronde francesa que são mais trabalhadas.


DÚVIDAS QUE TODO MUNDO TEM - Calígrafo decidido, agora resta uma dúvida: como se endereçar aos convidados no envelope? Como isso é uma coisa pessoal, e que varia de acordo com cada tipo de arranjo, pode-se colocar os nomes das pessoas, se o casamento for informal, mas se for uma celebração formal, com convidados que necessitam de títulos, existem pequenas regras que podem ajudar: Pessoas que moram juntas (não casadas oficialmente) - Nome da mulher e Nome do homem (ou mandar convites separados, dependendo da proximidade que os noivos tiverem deste casal) Casal cuja mulher manteve o nome de solteira – Sra. Fulana de Tal e Sr. Fulano de Tal (o nome do homem virá em primeiro lugar se ele tiver um título profissional ou se a mulher usar o nome de solteira apenas profissionalmente - ver acima).


CASAIS - Casal sem filhos - Sr. E Sra. Fulano de Tal Casal com filhos solteiros - Sr. Fulano de Tal e família Casal com filhos casados - Mandar convites para casa de cada casal: pais em seu endereço e filhos casados em suas próprias casas.

NAMORADOS - Exemplo: Fulano e Fulana (Sempre comece com o nome da pessoa que os noivos conhecem) Namorados ou Noivos - Fulano de Tal, Fulana de Tal - Sem a conjunção "e". Comece com o nome da pessoa que os noivos conhecem. Coloque os dois nomes no mesmo envelope, ou mande convites separados.


CASOS ESPECIAIS - Viúvo(a) - Nome do convidado(a) e família Sr. + nome do homem e filhos, Sra. + nome do homem e filhos (a mulher cujo marido morreu não muda de nome, endereçar um convite com o nome da mulher indica que ela é divorciada) Empresas - Aos funcionários do setor... ou o convite para os colegas do trabalho poderá ser enviado individualmente ou se preferir, anexar em algum mural de notícias da empresa. Pessoa que mora sozinha - Sra. nome da pessoa + fulana – pessoa que acompanha a pessoa. Obs.: o nome do acompanhante não precisa ser completo. Títulos Formais: Dr. - Cria formalidade. Usar Dr. somente quando for algo profissional. Familiares - Parentes (avós, tios, primos) - Nomes das pessoas.


LACRES - Feita a caligrafia, é hora de decidir o lacre para fechar os envelopes. Antigamente, os lacres eram usados para que as cartas não fossem violadas, hoje em dia, dão um toque final na apresentação do convite de casamento e convites em geral. Como existem vários modelos, a escolha depende do resto da linguagem do convite, à escolha dos noivos: papel adesivo em cores diversas, formatos de bolinhas e pequenas bolinhas coloridas, fitas com laço, bolinhas adesivas transparentes, elásticos e cera. As de cera podem ter impressão: as iniciais dos noivos, a flor de lis ou algum símbolo que signifique algo para o casal.



DICAS QUE VALEM A PENA LEMBRAR


1. Na hora de colocar os convites no envelope, coloque primeiro a parte de baixo do convite no envelope com a face impressa para cima, para que quando o convite seja aberto, o lado impresso seja o primeiro a ser visualizado.


2. Mande para o calígrafo 15% a mais de envelopes porque erros acontecem e se não houver envelopes para refazer algum deslize, ou um convite de ultima hora.


3. Se vocês incluíram um cartão R.S.V.P., devem colocar junto um selo no envelope, para o seu reenvio. Este cartão deve ser colocado no envelope em primeiro lugar, antes de ser colocado o convite, para que o convite de casamento seja visto antes do cartão de resposta, pois isto pode criar confusão entre os convidados.


4. Além de subscritar os envelopes, os calígrafos podem fazer os menus das mesas, os placemants (marcadores de lugar nas mesas), o menu musical do casamento, os cardápios da recepção, criando uma festa unica. No caso de casamentos até 50 convidados pode-se também escrever os convites todos à mão.


5. Hoje em dia, o uso de do tratamento Ilustríssimo e Excelentíssimo (por extenso ou abreviado), está fora de uso, exceto em casos excepcionais e quando exige o protocolo, tratamento determinados em portarias. O mesmo se passa com o tratamento muito formal com pessoas ligadas a igreja. Um bom calígrafo sabe quando e como usar. Na duvida, pergunte ao profissional.


CONVITE PRONTO Depois que o convite estiver pronto da maneira que vocês imaginaram, chegou a hora de pensar nos detalhes e da entrega propriamente dita. Para não haver atrasos, a entrega deve ser feita, no mínimo 30 dias antes do casamento, para que seus convidados possam se organizar e para que tudo corra bem. O ideal é ter entre 45 e 60 dias para evitar qualquer problema. Por isso, os convites devem ir para o calígrafo, em média, três meses antes da data marcada para a cerimônia. Segredinho da vovó. A caligrafia manual é feita nas cores: preto, prata, chumbo, dourado, ouro velho, cobre, marrom, azul marinho, verde escuro e marfim.


Um dos detalhes mais charmosos do convite é a caligrafia dos nomes dos convidados no envelope do convite.


Fonte:www.segredosdavovo.com.br www.casadacris.uol.com.br


Convites para Casamento (Piracicaba - Campinas - Americana - Sta Barbara - Tietê - Capivari - Rio das Pedras - Limeira - Rio Claro - Campinas) Clique e escolha seu convite

Nenhum comentário:

Postar um comentário